Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes

Qual é a frequência do tratamento?


A frequência ideal de tratamento para a maioria dos pacientes é a semanal. Para alguns pacientes se pode pensar em frequencia maior ou menor do que a semanal, mas isso é pensado após a avaliação inicial.




Qual a duração do tratamento?


Na Terapia Cognitivo Comportamental podemos ter uma idéia de prognóstico (duração e curso do tratamento) dependendo do diagnóstico clínico do paciente. Ou seja, sabemos que um paciente que tem por exemplo somente "Transtorno do Panico" tem um curso de tratamento mais rápido do que um paciente que tenha "Bulimia" por exemplo. Porém, não podemos estimar um prazo específico de duração de tratamento, pois isso depende de muitas variáveis relacionadas ao paciente como genética, motivação para com o tratamento etc, por isso pacientes com o mesmo diagnóstico podem ter tempo de tratamento diferentes.




Quem tem Transtorno de Ansiedade, corre o risco de ter problemas no coração?


Muitos pacientes com Transtornos de Ansiedade podem ter o que chamamos de Ataque de Pânico ou Ataque de Ansiedade, que é uma crise onde uma série de sintomas fisiológicos acontecem entre eles taquicardia e respiração ofegante. Se a pessoa já foi em um Cardiologista e nada foi detectado de forma clínica, um Ataque de Pânico não tem influência para gerar um problema cardíaco, ou seja mesmo o paciente achando que pode ter um ataque cardíaco ele nunca terá exclusivamente pela ansiedade.




Estou muito paranoica acho que vou pegar uma doença de alguma pessoa a qualquer momento pelo simples contato casual nao estou conseguindo me relacionar bem com as pessoas e sentindo uma angustia enorme no peito terapia poderia me ajudar?


Esses sintomas podem estar relacionados ao TOC ou Transtorno Obsessivo Compulsivo. Os portadores de TOC tem Obsessões (pensamentos ou impulsos que invadem a mente de forma repetitiva e persistente, geralmente desagradáveis) e Compulsões (comportamentos para neutralizar as Obsessões, ou seja, comportamentos para buscar o alivio novamente e sair do desconforto). Um dos tipos de Obsessões que os pacientes podem ter são as obsessões por sujeira, germes, contaminação, nojo, que podem gerar compulsões por limpeza, como banhos demorados, lavagens excessivas e evitações. O TOC tem tratamento e o profissional que deve ser buscado é o Psicólogo. Att. Augusto Yumi.




O bipolar pode viver sem remédios utilizando apenas a terapia com psicólogo?


Não. Estudos comprovam que sem o tratamento adequado o Transtorno de Humor Bipolar se torna como uma doença degenerativa, pois o cérebro começa progressivamente a ter danos estruturais e funcionais. A pessoa tenderá a entrar cada vez mais frequentemente em fases maniacas e depressivas. Além disso no periodo de estabilidade entre essas fases se percebe um déficit funcional e cognitivo no paciente de forma gradual. O tratamento mais eficaz para esse Transtorno é a combinação de tratamento medicamentoso e Terapia Cognitivo Comportamental.




Tenho bruxismo, sinto uma incapacidade de concentração e dificuldade de estudo, podem estes 2 sintomas estarem relacionados?


Podem sim. Podem ser sintomas relacionados a algum transtorno de ansiedade. Para saber ao certo entretanto somente fazendo uma avaliação inicial com um psicólogo ou psiquiatra. A psicoterapia é a melhor indicação, podendo ou não ser necessário tratamento medicamentoso também.




Uma pessoa poder ter transtorno de personalidade borderline e depressão?


Sim. Chamamos de comorbidade quando o paciente tem mais de um diagnóstico ao mesmo tempo. Depressão é um Transtorno de Humor, enquanto que o Transtorno Borderline é um Transtorno de Personalidade. O mais comum é as pessoas terem comorbidades e não transtornos específicos.




Tive minha primeira crise em 2011, já tratei com remédios, terapia e afins. E não consigo me livrar das crises de pânico, do medo de ter medo. O que eu faço?


A Terapia Cognitivo-Comportamental é a terapia com mais eficácia no tratamento do Transtorno do Pânico, de acordo com a literatura científica. Procure um psicólogo que trabalha com essa abordagem.




Fora medicamentos, qual terapia mais indicada para o transtorno bipolar?


O tratamento de maior eficacia para o Transtorno de Humor Bipolar é o tratamento medicamentoso com estabilizadores de humor e Terapia Cognitivo Comportamental segundo a literatura científica.




Mesmo tomando antidepressivos, é possível a pessoa ainda ficar deprimida?


Sim. Isto porque somente é recomendado o tratamento unicamente medicamentoso para depressões leves (embora para Depressão leve somente a Terapia Cognitiva tenha melhores resultados em termos de ter menos recaídas a longo prazo). Para Depressões moderadas e graves o tratamento mais eficaz inclui além do tratamento medicamentoso o tratamento com Terapia Cognitivo Comportamental, segundo a literatura científica, onde os pacientes conseguem sair do quadro e não ter recidivas.





FAQ

Agendamento por Telefone, WhatsApp ou Email

Telefone e WhatsApp: (51)995461919

Email: augyum@gmail.com

Av. Osvaldo Aranha 1022, sala 613 - Baltimore Office Park- Bairro Bom Fim|

Porto Alegre/RS

Tags importantes: Psicologo em Porto Alegre, Psicoterapia, Terapia Cognitivo Comportamental, Terapeuta Cognitivo, Terapia Individual, Terapia do Esquema